Vencendo nossos Gigantes

VENCENDO NOSSOS GIGANTES

O Salmo 23 é o salmo mais querido da Bíblia. Ele nos apresenta Deus como Ele realmente é. Trata-se de uma autêntica fotografia de Deus. O meu desejo hoje, quando iniciamos uma série de mensagens baseadas no salmo 23 é que você tenha uma descrição realista de Deus. Desejo que você saiba o quanto Deus ama você, e o quanto sua vida é importante para Ele. Quanto mais conhecemos o Senhor, mais facilidade temos para confiar nele. O autor do Salmo 23 foi um pastor de ovelhas, que se tornou um grande guerreiro, um general, que comandou os exércitos do povo de Israel em grandes batalhas. Ele se tornou um dos reis mais importantes na história do povo de Deus, seu nome – Davi. Ele era um grande homem de Deus, que com seus defeitos e virtudes, sobretudo com sua humildade, achou “graça diante de Deus” e foi reconhecido na Bíblia como “O Homem segundo o coração de Deus”. Uma das primeiras grandes vitórias de Davi, com certeza a mais famosa, foi a vitória sobre o grande inimigo dos exércitos de Israel – o gigante filisteu Golias. Mas, no Salmo 23 Davi nos fala de outros gigantes que ele enfrentou e com os quais temos que combater também. São gigantes que não estão diante de nós, mas dentro de nós. Esse confronto atinge em cheio o nosso humor, a nossa disposição para a vida, nosso ânimo. Atinge a nossa alma. Que gigantes são esses? São os gigantes da Ansiedade, Inquietação, Traumas Emocionais, Indecisão, Vales Escuros, Amargura e Temor do Futuro. Durante as próximas semanas conheceremos bem de perto cada um desses gigantes apresentados por Davi e como a Palavra de Deus nos ensina e ajuda a vencê-los.

O primeiro desses gigantes é a Ansiedade. Na Palavra de Deus aprendemos que há um remédio, há uma solução para a ansiedade. Todos nós lidamos com ansiedades: finanças, trabalho, relacionamentos pessoais, casamento, filhos, saúde física, etc. A ansiedade é algo problemático por três razões: ela é improdutiva, irracional e nociva. Ela é improdutiva porque ela nunca resolve coisa alguma. A ansiedade não pode alterar coisa alguma do nosso passado. Ela serve apenas para tornar o nosso presente miserável. É improdutiva. A ansiedade é irracional. Ela amplifica seus problemas, tornando colinas em montanhas. Ela faz com que os problemas pareçam cada vez maiores. Quanto mais você pensa a respeito de uma dificuldade, maior ela fica. A ansiedade também é prejudicial. O organismo humano não foi feito para ficar ansioso; é contrário à sua natureza. Quando você fica ansioso você contrai úlceras, fica com dor nas costas, dor de cabeça, insônia. Não fomos criados para cultivar ansiedade. A ansiedade estrangula, sufoca a nossa vida.

Como você pode vencer o gigante da ansiedade? A terapia mais eficiente para a ansiedade é: 1º Confiar que Deus vai cuidar de você; 2º Deixar Deus suprir suas necessidades. Aprendemos com Davi que “O SENHOR é o meu pastor; de nada terei falta.” (Salmo 23.1). Se eu creio que Deus vai cuidar de mim, eu não vou ficar ansioso. Em I Pedro 5:7, lemos: “Lançando sobre Jesus todas as vossas ansiedades porque ele tem cuidado de vós”. Como que o fato de tornar Deus o nosso pastor serve de terapia contra estresse em nossas vidas? Você precisa saber o que pastores fazem: O pastor supre as necessidades, protege, guia e corrige suas ovelhas. Deus tem prometido fazer essas quatro coisas por você, se você confiar nEle, se você convidá-Lo para ser o seu pastor. “Como um pastor cuida do seu rebanho, assim o SENHOR cuidará do seu povo.” (Isaías 40.11). Deus está dizendo “Eu cuidarei de você, guiarei, protegerei, corrigirei. Eu vou lhe ajudar, se você me conceder a oportunidade de ser o seu pastor.” 

Pr. Edimar Guimarães Pereira

0 Comentários

Deixe um comentário