Simbologias

Quando foi projetada a Primeira Igreja Batista do Ingá, vários detalhes simbólicos foram incluídos em sua planta e desenho.
Ela foi projetada para ser um Jardim de Oração. Por este motivo que ao seu redor há canteiros de plantas.

As paredes em diagonal em cor branca que margeiam o púlpito representam a Bíblia aberta para difundir o Evangelho.

A nave do templo não tem nenhuma coluna. A única coluna que firma a parte do mezanino (galeria) possui o formato de uma cruz que representa a Cruz de Jesus. Ela fica no foyer que é um vestíbulo onde os crentes podem se cumprimentar e trocar abraços de amor cristão.

Sobre a porta de entrada há uma marquise em curva que existe em ambas as partes externa e interna que representa a Mão do Senhor a abençoar quem entra ou sai.
Ainda no foyer existe um lago onde está um Cálice Transbordante que representa o Amor de Jesus que nunca se acaba. Não se trata de um chafariz mas sim de uma água que transborda suavemente do cálice, assim como a Água da Vida que é Jesus.

Os vitrais do templo tem a cor azul predominante, indicando um Prenúncio do Céu.

Há partes rubras representando o Sangue de Cristo derramado por nós. E a cor verde que é a Esperança que temos no Senhor.

Ainda foram projetos 2 vitrais para o Batistério que ainda não puderam ser executados por conta da complexidade e custos envolvidos devido às grandes dimensões e necessidade técnicas.

Ao fundo estará a Pesca Maravilhosa que é uma rede cheia de peixes e representa as almas ganhas pelos “pescadores de Homens” e, na porta a Semeadura que é uma mão espalhando as sementes, como conta a parábola do Semeador, isto é, espalhando a Palavra de Deus para a salvação de todo aquele que crê.

Assim, com pequenos detalhes se conta partes da Bíblia, através de símbolos.

Que Deus continue a abençoar nossa igreja e que todos possamos cuidar do patrimônio que é para o Louvor e Adoração ao Senhor!

Denise Carvalho de Souza

(Texto escrito em 02/03/2012)